TRADIÇÃO DOCEIRA DE PELOTAS

O reconhecimento como Patrimônio Imaterial Nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) consolida a tradição doceira para a região de Pelotas.

O registro das Tradições Doceiras tem por finalidade reconhecer e valorizar bens de natureza imaterial em seu processo dinâmico de evolução, possibilitando uma apreensão do contexto pretérito e presente dessas manifestações em suas diferentes versões.

Com este reconhecimento o modo de fazer os tradicionais doces finos entra para o Livro dos Saberes.

Livro de Registro dos Saberes – Bens Culturais Imateriais – veja no link outras culturas brasileiras protegidas pela processo do Iphan.

 

* Imagem deste post é de propriedade do IphanGovBr.

152