Doce de Pelotas é eternizado na cultura nacional⠀

Matéria do⠀
MINISTÉRIO DA CIDADANIA⠀
Secretaria Especial da Cultura⠀
http://cultura.gov.br/conheca-a-importancia-dos-patrimonios-imateriais-brasileiros/⠀

O Doce de Pelotas, do interior do Rio Grande do Sul, foi declarado patrimônio nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Isso significa que, além de reconhecer esta atividade como parte da identidade brasileira, o País precisa garantir a sua continuidade de modo sustentável, atuando na melhoria das condições sociais e materiais para que sejam transmitidas e reproduzidas.⠀
O modo de criar, fazer e viver dos grupos que formam a sociedade brasileira é reconhecido pelo Iphan, órgão vinculado ao Ministério da Cidadania, como Patrimônio Cultural Imaterial. O conhecimento transmitido de geração a geração, e os bens podem ser atividades relacionadas à gastronomia, à música e a outras manifestações culturais do País que gerem um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana.⠀

Símbolo da cidade de Pelotas, no interior do Rio Grande do Sul, o Doce de Pelotas é o mais recente Patrimônio Imaterial reconhecido pelo Iphan. Aprovado pelo Conselho Consultivo do Iphan, o registro da Tradições Doceiras da Região de Pelotas e Antiga Pelotas (Arroio do Padre, Capão do Leão, Morro Redondo e Turuçu) no Livro dos Saberes exalta a forma de elaboração dos doces que foram criados com a chegada, à Região Sul, do açúcar produzido no Nordeste por meio das trocas que resultavam da exportação do charque.⠀

Conhecida como a Terra do Doce, a cidade de Pelotas ressignificou bem casados, marmeladas, quindins, figos em calda, bolos de noiva e outros tantos quitutes doceiros produzidos na região. O objetivo do registro é reconhecer e valorizar bens de natureza imaterial em seu processo de evolução. No caso específico dos Doces de Pelotas, o doce desempenha um papel fundamental na composição da sociedade regional, sendo um elemento cultural integrador da diversidade de grupos étnicos e sociais da cidade e dos municípios que a cercam.

21